A ortopedia e a sua saúde

Lesão do Manguito Rotador

By |2019-01-11T10:50:04-03:0009/10/2018|Ombro e cotovelo, Tratamento|

O que é o manguito rotador?

O manguito rotador (MR) é um grupo de quatro unidades músculo-tendão que envolvem a anterior, superior e posterior da articulação do ombro. Ele atua para estabilizar o úmero – maior osso da parte superior do corpo e que liga o ombro ao cotovelo – e equilibrar os movimentos do ombro.

A lesão

Problemas no ombro estão entre as lesões mais frequentes do aparelho musculoesquelético – juntamente com queixas nas regiões lombar e cervical. A ruptura do MR pode levar à perda da função do ombro em variados graus. Incluem-se nessa lista tendinites, rupturas parciais e totais dos tendões do manguito.

Os Tipos

Há muitos graus de lesões do manguito rotador. São consideradas lesões menores as inflamações ou tendinite. Já as mais graves são identificadas pela ruptura parcial das fibras dos tendões ou pela ruptura completa do tendão que faz com que o músculo se retraia afastando-se do osso.

A lesão do manguito rotador é dividida em três estágios:
Fase 1: Edema, inflamação e hemorragia
Fase 2: Fibrose e tendinite, com ou sem lesões parciais
Fase 3: Ruptura completa do tendão, associada a alterações ósseas

Sintomas

Os sintomas dependem de qual estágio esteja a rotura. De modo geral, os pacientes apresentam dor e diminuição da força durante a elevação do braço. Muitos podem acordar à noite com dor no ombro acometido e movimentos como a retirada de carteira do bolso da calça ou a retirada do sutiã também geram desconforto.

Nas fases 1 e 2, pode ocorre dor no ombro e na face lateral do braço relacionada a movimentos repetidos de elevação. Em alguns casos, ocorre limitação de mobilidade e crepitação.

Além da dor, que é mais intensa e frequente no período noturno, na fase 3 podem ocorrer graus variáveis de perda de força e do movimento de elevação, abdução e rotações, dependendo do local e tamanho da ruptura.

Diagnóstico

A avaliação clínica do paciente e o detalhamento dos sintomas são fundamentais para a localização da dor, bem como a avaliação de aspectos como frequência, intensidade e os possíveis fatores desencadeantes da lesão.

Exames de Raio-X simples e ecografia são úteis na confirmação do diagnóstico e determinam a extensão da lesão. Alguns casos também podem requerer uma avaliação por ressonância magnética. Lembrando sempre que a avaliação deve ser feita por um especialista em Ortopedia e Traumatologia e membro da SBOT.

Tratamento

A partir do diagnóstico da lesão, nas fases iniciais indica-se um tratamento clínico a partir do uso de analgésico e anti-inflamatórios para atenuar os sintomas de dor. Outra recomendação importante é o repouso, evitando atividades e movimentos que provoquem a dor. Fisioterapia, reforço muscular e eventuais infiltrações também podem ser recomendadas de acordo com a avaliação do especialista.

Nos casos em que o tratamento clínico não tem efeito prolongado, pode-se iniciar tratamento cirúrgico baseado na causa da doença (proeminência acromial, alterações acromioclaviculares, ruptura tendinosa ou combinação de várias).

As possibilidades cirúrgicas incluem, entre outras:

  • Acromioplastia
  • Retirada de osteófitos acromioclaviculares
  • Sutura do manguito
  • Desbridamento da lesão e bursectomia
  • Tratamento de lesões do biceps

A cirurgia pode ser aberta ou artroscópica. Com o desenvolvimento das técnicas de artroscopia nos últimos anos, cada vez mais a patologia do manguito rotador tem sido tratada dessa forma.

PERGUNTAS A FAZER AO ORTOPEDISTA

  • Você é especialista pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia?
  • O que posso fazer para diminuir a intensidade da dor?
  • Quanto tempo devo permanecer em repouso?
  • Qual é o prazo estipulado para retorno às atividades?
  • Quanto tempo para saber se o meu caso é para tratamento cirúrgico?

A SBOT é uma associação nacional de especialidade médica responsável por congregar os especialistas em Ortopedia e Traumatologia. A Sociedade promove e tem a responsabilidade na formação de especialistas, além de prover condições para atualização permanente, sob a forma de ensino, pesquisa, educação continuada, desenvolvimento cultural e defesa profissional.

Procure sempre um especialista SBOT!

 

Referências
1. diretrizes.amb.org.br/_DIRETRIZES/sindrome-do-manguito-rotador-reabilitacao/files/assets/common/downloads/publication.pdf
2. http://www.cirurgiadeombroecotovelo.com.br/lesao-do-manguito-rotador/

Destaques da SBOT