Artigos do mês

>>Fevereiro/18 – Coluna

Fevereiro/18 – Coluna

By |2018-10-04T12:10:35-03:0028/02/2018|Artigos do mês|

TÍTULO

Intrawound Vancomycin Decreases the Risk of Surgical Site Infection After Posterior Spine Surgery: A Multicenter Analysis (Uso de Vancomicina na ferida operatória diminui o risco de infecção de sítio cirúrgico após cirurgia de coluna: uma análise multicêntrica)

AUTOR

Clinton J. Devin, Silky Chotai, Matthew J. McGirt, Alexander R. Vaccaro, Jim A. Youssef, Douglas G. Orndorff, Paul M. Arnold, Anthony K. Frempong-Boadu, Isador H. Lieberman, Charles Branch, Hirad S. Hedayat, Ann Liu, Jeffrey C. Wang, Robert E. Isaacs, Kris E. Radcliff, Joshua C. Patt, Kristin R. Archer

SERVIÇOS

Department of Orthopedics and Neurosurgery, Vanderbilt University Medical Center, Nashville, TN; Department of Orthopedics, Thomas Jefferson University and Rothman Institute, Philadelphia, PA; Department of Neurological Surgery, Carolina Neurosurgery and Spine Associates, Charlotte, NC; Spine Colorado, Durango, CO; Department of Neurosurgery, University of Kansas Med Center, Kansas City, KS; Department of Neurosurgery, New York University Langone Medical Center, New York, NY; Scoliosis and Spine Tumor Center, Texas Back Institute, Texas Health Presbyterian Hospital Plano, Plano, TX; Department of Neurosurgery, Wake Forest Baptist Medical Center, Winston Salem, NC; Department of Orthopedic Surgery, Keck School of Medicine, University of Southern California, Los Angeles, CA; Division of Neurological Surgery, Department of Surgery, Duke University Medical Center, Durham, NC; Department of Orthopedics, Rothman Institute, Thomas Jefferson University, Egg Harbor Township, NJ; and Department of Physical Medicine and Rehabilitation, Vanderbilt University Medical Center, Nashville, TN.

REVISTA

Spine Volume 43, Number 1, pp 65–71. 2017

COMENTADOR

Murilo T Daher – Diretor do DOT FM UFG e Chefe do grupo de coluna do CRER

RESUMO

Desenho do estudo: Análise secundária de dados prospectivos de um estudo observacional multicêntrico. Objetivo: Avaliar a ocorrência de infecção de sítio cirúrgico (ISC) em pacientes que usaram ou não vancomicina em pó na ferida operatória controlando fatores associados que podem estar relacionados a aumento de ISC após cirurgia de coluna eletiva. Resumo da literatura: A ISC é uma complicação que apresenta grande morbidade e altos custos. O uso de vancomicina tópica têm sido cada vez mais usado como uma solução para reduzir essa complicação. No entanto, o impacto do uso da vancomicina ainda não foi estudado de forma sistemática com estudos bem desenhados. Métodos: Pacientes submetidos a cirurgia eletiva de coluna em 7 centros norte-americanos em um período de 4 anos foram incluídos no estudo. Eles foram divididos em os que usaram ou não vancomicina tópica. O resultado foi a ocorrência ou não de ISC e ISC que necessitasse de nova abordagem em centro cirúrgico. Análise multivariada de regressão logística foi utilizada para avaliar o risco relativo de apresentar ISC e de ISC com necessidade de nova cirurgia. Resultados: Um total de 2056 pacientes foram analisados. Vancomicina foi utilizada em 47% (966) dos pacientes. A prevalência de ISC foi maior nos pacientes que não utilizaram a vancomicina (5,1%) em relação aos que utilizaram (2,2%). O risco de ISC foi mais elevado nos pacientes que não utilizaram vancomicina (Risco Relativo – RR 2,5, p<0,001), maior número de níveis operados (RR 1,1, p 0,01) e pacientes que foram admitidos em UTI (RR 2,1, p 0,005). Pacientes que não usaram vancomicina (RR 5,9, p<0,001), tiveram mais níveis operados (RR 1,1, p 0,001) e tiveram admissão em UTI (RR 3,3, p0<001) foram fatores de risco de ISC com necessidade de nova abordagem em centro-cirúrgico. Conclusão: O uso de vancomicina tópica em cirurgias de coluna pela via posterior está associada a um menor risco de ISC e de ISC com necessidade de abordagem em centro cirúrgico.

ABSTRACT

Study Design. Secondary analysis of data from a prospective multicenter observational study. Objective. The aim of this study was to evaluate the occurrence of surgical site infection (SSI) in patients with and without intrawound vancomycin application controlling for confounding factors associated with higher SSI after elective spine surgery. Summary of Background Data. SSI is a morbid and expensive complication associated with spine surgery. The application of intrawound vancomycin is rapidly emerging as a solution to reduce SSI following spine surgery. The impact of intrawound vancomycin has not been systematically studied in a welldesigned multicenter study. Methods. Patients undergoing elective spine surgery over a period of 4 years at seven spine surgery centers across the United States were included in the study. Patients were dichotomized on the basis of whether intrawound vancomycin was applied. Outcomes were occurrence of SSI within postoperative 30 days and SSI that required return to the operating room (OR). Multivariable random-effect log-binomial regression analyses were conducted to determine the relative risk of having an SSI and an SSI with return to OR. Results. A total of 2056 patients were included in the analysis. Intrawound vancomycin was utilized in 47% (n.966) of patients. The prevalence of SSI was higher in patients with no vancomycin use (5.1%) than those with use of intrawound vancomycin (2.2%). The risk of SSI was higher in patients in whom intrawound vancomycin was not used (relative risk (RR) – 2.5, P<0.001), increased number of levels exposed (RR -1.1, P.0.01), and those admitted postoperatively to intensive care unit (ICU) (RR -2.1, P.0.005). Patients in whom intrawound vancomycin was not used (RR -5.9, P<0.001), increased number of levels were exposed (RR-1.1, P.0.001), and postoperative ICU admission (RR -3.3, P<0.001) were significant risk factors for SSI requiring a return to the OR. Conclusion. The intrawound application of vancomycin after posterior approach spine surgery was associated with a reduced risk of SSI and return to OR associated with SSI.

COMENTÁRIOS

A infecção de sítio cirúrgico é uma das complicações mais temidas pelo cirurgião de coluna. Além de grande morbidade (possibilidade de novas abordagens, uso de antibióticos prolongados, aumento do tempo de internação e maior mortalidade), apresenta grandes custos para o sistema de saúde. Estima-se que, só nos Estados Unidos, os custos com ISC de maneira geral girem em torno de 1,8 bilhões de dólares.
Por consequência, vários métodos têm sido utilizados para tentar minimizar a ocorrência dessa complicação. Dentre os mais recentes, o uso da vancomicina tópica é o principal. Essa prática, bastante utilizada nos EUA, tem sido cada vez aplicada em nosso meio. No entanto, ainda não é consenso, havendo grande discordância entre os cirurgiões de coluna adeptos a essa prática e os infectologistas.
Esse estudo é mais um estudo sobre o tema, que tem como objetivo ajudar a definir a melhor conduta e minimizar essa complicação. Neste, foram avaliados prospectivamente mais de 2000 pacientes operados em um período de 4 anos em 7 centros norte-americanos. O uso da vancomicina foi decidido de acordo com a preferência do cirurgião. Assim, 47% submeteram-se ao uso da vancomicina tópica. Todos os pacientes foram submetidos a cirurgia de coluna por via posterior, para tratamento de patologias degenerativas, trauma e tumores. Todos os pacientes receberam o mesmo regime de antibiótico-profilaxia e o mesmo esquema de utilização de drenos.
Neste estudo foi observado que a utilização da vancomicina tópica diminui o risco relativo de ISC e de ISC com necessidade de reabordagem. Além disso, outros fatores associados a maior risco de ISC e de ISC com necessidade de nova cirurgia foram extensão da artrodese e pós-operatório em UTI.
Dessa forma, o presente estudo corrobora com a literatura ao mostrar que o uso da vancomicina parece diminuir o número de ISC. Apesar de não ser um estudo randomizado, apresenta como pontos fortes o fato de ser multi-cêntrico e com número elevado de pacientes, o que permitiu a realização de uma análise estatística robusta.

Destaques da SBOT

Membro quite tem desconto no Congresso Anual SBOT!
Por favor, aguarde enquanto estamos te redirecionando.