Loading...
Comitê de Cirurgia da Mão2019-02-05T21:36:48-03:00

Destaques

Último destaque

Comitê de Cirurgia da Mão

Em 1945, Orlando Graner criou o primeiro serviço de Cirurgia da Mão no país, no Pavilhão Fernandinho Simonsen, na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. O Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Universidade de São Paulo também já tinha seu serviço, criado por Lauro Barros de Abreu, em 1952. A especialidade se organizava, contando com ortopedistas e cirurgiões plásticos atuando na área.

Em 1953 houve a visita daquele que é considerado o pai da cirurgião da mão, Sterling Bunnell, ao Brasil, o que estimulou Lauro de Abreu a tentar criar uma sociedade especializada. Mas as resistências dos ortopedistas e de outros cirurgiões à criação só foram vencidas por Danilo Gonçalves em 1959, com apoio de Henrique Bulcão de Moares. Para Lauro Barros de Abreu, um dos fundadores, a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) nasceu por “uma atitude ousada e decidida de Danilo, Bulcão, Pintaguy e outros”.

A SBCM foi fundada oficialmente no dia 19 de junho de 1959, com a assinatura de 59 médicos. Na primeira reunião, já foi elaborado o primeiro estatuto, descrevendo regras de associação, composição de diretorias e comissões, votações, mandatos e responsabilidades do presidente, diretores e outros, atribuições e direitos das regionais e valores de admissão e anuidades.

O I Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão foi realizado no Hospital São Camilo, no bairro da Pompéia, em São Paulo, em 22 de julho de 1967, e serviu para comemorar os oito anos da SBCM. Na ocasião, foi aprovado um regulamento para Título de Especialista. Após nove anos, durante uma reunião da Comissão Executiva, ficou registrada em ata, pela primeira vez, a intenção de admitir a Cirurgia da Mão como especialidade, com aprovação pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e posterior oficialização como disciplina nas universidades.

O convênio com a Associação Médica Brasileira (AMB) e o estabelecimento da residência em Cirurgia da Mão foram registrados no relatório apresentado pela diretoria das atividades do biênio 1975/77.

Em 26 de setembro de 1980, foi proposta por Luiz Carlos Sobania, e aprovada pelo Conselho Executivo, a redação do Regimento Interno da SBCM, que regulamentava o Plano de Residência em Cirurgia da Mão, a concessão do Título de Membro Titular da SBCM e a educação continuada. Neste documento, ficou definido que os serviços a serem credenciados como Centros de Ensino e Treinamento em Cirurgia da Mão fossem liderados por Membro Titular da SBCM há mais de quatro anos, que ficaria responsável pelo treinamento. O Regimento instituiu oficialmente também, pela primeira vez na história da SBCM, um exame para Membro Titular da SBCM. O Certificado de Membro Titular permitiria ao candidato requerer, junto à AMB, o seu Título de Especialista em Cirurgia da Mão.

Presidente: Marcelo Rosa de Rezende
Vice-Presidente: Milton Bernardes Pignataro
Secretário Geral: Samuel Ribak
Secretário Adjunto: Antonio Tufi Neder Filho
Tesoureiro: João Baptista Gomes dos Santos
Conselho Executivo: Luis Renato Nakachima, Roberto Luiz Sobania, Sérgio Yoshimasa Okane
Conselho Fiscal: Ivan Chakkour, Jefferson Braga Silva, Luiz Koiti Kimura

REGIONAL SÃO PAULO:
Diretor: Antonio Carlos da Costa
Vice-Diretor: João José Sabongi Neto

REGIONAL MG – ES:
Diretor: Hélio Pires de Mendonça Júnior
Vice-Diretor: Leonardo de Andrade Moreira

REGIONAL RIO DE JANEIRO:
Diretor: Bernardo Couto Neto
Vice-Diretor: Renato Harley Santos Botelho

REGIONAL SUL:
Diretor: Cristiano Paulo Tacca
Vice-Diretor: Eduardo Murilo Novak

REGIONAL CENTRO OESTE:
Diretor: Max Maury Lopes Junior
Vice-Diretor: Cássio Luis Vieira Cocate

REGIONAL N – NE:
Diretor: Luciano Elias Barboza
Vice-Diretor: Osvaldo Mendes de Oliveira Filho

SOBRE O COMITÊ

ENDEREÇO
Avenida Ibirapuera – 2907
Cjs. 919-D e 920-B
Indianópolis
São Paulo/SP
CEP: 04029-200

TELEFONE
(11) 5092-3426